Gustavo Valério

O Poeta Soturno

✑ Por Direito!


Eu perdi a chave que abre o meu peito
trancado para sempre hei de ficar;
Portanto irei apenas amargar
na busca insana por algum efeito...

Mas eu também perdi todo o conceito
e a fantasia de me libertar.
Não quero tal situação mudar
sem chave criarei um outro jeito.

Eu deveria mesmo incomodar
investir tempo até reencontrar
aquilo que me causa algum defeito?

Vou ao vazio apenas me entregar
à sombra da minh'alma descansar
trancafiado em mim... Por direito!

Gustavo V.S Ferreira
21/11/2018


Narração do poema:








Música indicada:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *