Gustavo Valério

O Poeta Soturno

✑ Hoje não tem Poesia

Hoje não tem poesia
pois ela morreu aqui.
Hoje não tem alegria
pois eu, mui triste, caí.

Cresceu a monotonia
e eu, fraco, diminuí...
Ela, uma rosa, sorria
e eu, pasmo, retribuí...

Hoje não tem poesia
pois ela já não sorri
e a vida ficou vazia.

Por isso eu já concluí
que a saudade é antologia
das lembranças que eu senti...

Gustavo V.S Ferreira
31/08/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *