Gustavo Valério

O Poeta Soturno

✑ Sou Rico

Poder morrer é o que me faz rico
e ter medo da morte me faz pobre;
aproveitar a vida me faz nobre,
desperdiçá-la torna-me impudico.

Da vida imoral e ilusória abdico
pois tal maléficos sonhos encobre
e faz com que a natureza soçobre
entre as necessidades que fabrico.

Desejo apenas que o meu tempo dobre
enquanto eu, só, envelhecendo fico,
na pureza que o envelhecer cobre.

No encontro co' a morte me purifico
enquanto minha vida redescobre
que sou rico só quando pacifico.

Gustavo V.S Ferreira
20/07/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *