Gustavo Valério

O Poeta Soturno

✑ Ela Partiu

Deu um suspiro e partiu
partiu o meu coração
deu um suspiro e sorriu
numa última reação.

Nesse instante desistiu
da vida e da percepção;
seu pulso não resistiu
foi procurar redenção.

A sua morte sutil
foi a minha expiação,
o meu coração sentiu.

A minha alienação
bem naquela hora ruiu:
Abril foi sua ascensão.

Gustavo V.S Ferreira
15/07/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *