Gustavo Valério

O Poeta Soturno

✑ Assombração

Se o fim for a morte, para onde irão as almas
dos caros e magos poetas desalmados?
Não ressuscitarão em caros assombrados
poemas para cada um dos doídos traumas?

Gustavo V.S Ferreira
16/05/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *